Sindilojas Porto Alegre lamenta continuidade do Imposto de Fronteira

Apesar dos esforços do Sindilojas Porto Alegre e demais entidades do varejo, não avançaram as negociações com o governo do Estado do Rio Grande do Sul para o fim da cobrança do Imposto de Fronteira. Em…

Apesar dos esforços do Sindilojas Porto Alegre e demais entidades do varejo, não avançaram as negociações com o governo do Estado do Rio Grande do Sul para o fim da cobrança do Imposto de Fronteira. Em reunião do Fórum de Estudos sobre o Imposto de Fronteira que aconteceu ontem na Capital, o secretário Giovani Feltes afirmou que a situação financeira do Estado não permite que a cobrança seja extinta. Porém, a Secretaria da Fazenda comprometeu-se a estudar uma forma de parcelamento para empresas que possuem dívidas referentes ao imposto. No encontro, também ficou definido que o Fórum de Estudos sobre o Imposto de Fronteira não terá continuidade.

“Fizemos o possível, empregamos todos os esforços para acabar com o imposto, mas o momento econômico do Estado não permitiu que avançássemos nesse sentido. Reconhecemos a dificuldade, mas continuaremos buscando as melhores condições para o lojista trabalhar, principalmente o de pequeno porte”, afirma Paulo Kruse, presidente do Sindilojas Porto Alegre.

Lojistas que tiverem dúvidas em razão de dívidas ou ao pagamento do imposto podem fazer contato com o Sindilojas Porto Alegre para esclarecimentos e auxílio.

Veja também

    Noticias

    Nota Oficial: Falta de luz no centro de Porto Alegre

    Veja mais
    Noticias

    Ministério do Trabalho prorroga portaria sobre funcionamento do comércio aos fer...

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Conheça as principais tendências globais de consumo para 2024

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Novas experiências para o consumidor leitor

    Veja mais