Só Venezuela e Paquistão vencem

Seja qual for a decisão de hoje do Banco Central (BC), o Brasil seguirá como campeão mundial do juro alto. A taxa básica nominal, de 10,75% ao ano, só perde para as de Paquistão (14%) e Venezuela…

Seja qual for a decisão de hoje do Banco Central (BC), o Brasil seguirá como campeão mundial do juro alto. A taxa básica nominal, de 10,75% ao ano, só perde para as de Paquistão (14%) e Venezuela (18,10%).

A diferença é que, nos outros países, a inflação é bem mais alta. No vizinho sul-americano, a alta dos índices de preços ao consumidor foi ao redor de 27% no ano passado. No Paquistão, está na casa dos 20%. O IPCA, indicador oficial do Brasil, subiu 5,91% em 2010. Por isso, o juro real (que desconta os índices de preços) brasileiro é o mais alto do planeta. Atualmente, pelas projeções de inflação para os próximos 12 meses, o juro real está perto de 6% ao ano.

A decisão de hoje será a primeira anunciada pelo novo presidente do BC, o gaúcho Alexandre Tombini. Há consenso de que a taxa básica de juro deve ser elevada em ao menos 0,5 ponto percentual, para 11,25%.

Em dezembro passado, o BC adotou medidas de contenção do crédito para desacelerar a economia. Economistas do Itaú Unibanco estimam que o impacto dessas iniciativas equivale a um aumento de juro de um ponto percentual.

Veja também

    NoticiasMarketing

    Em busca do melhor ponto comercial

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Lajeado recebe a FBV Talks para debater o futuro do presente no varejo

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Café com Lojistas apresenta o significado do varejo e dicas do que está em alta ...

    Veja mais
    Noticias

    Reunião de Diretoria Ampla debate temas jurídicos relevantes ao comércio

    Veja mais