Sul do Brasil coloca atendimento antes de qualidade e preço

Porto Alegre é conhecida como uma das cidades brasileiras com melhor qualidade de vida e seus habitantes são clientes com alto nível de exigência. Foi o que comprovou a pesquisa “As empresas que mais…

Porto Alegre é conhecida como uma das cidades brasileiras com melhor qualidade de vida e seus habitantes são clientes com alto nível de exigência. Foi o que comprovou a pesquisa “As empresas que mais Respeitam os Consumidores” promovida pelo Grupo Padrão em parceria com a Shopper Experience.

Cerca de 61% dos porto-alegrenses entrevistados elegeram o atendimento como o principal atrativo na hora de fazer compras, destacando que para 40% dos participantes, funcionários educados e com boa apresentação são diferenciais. Os call centers também foram lembrados, e para 13% destes clientes é importante que os operadores sejam efetivos, organizados e claros. Logo após a preferência pelo bom atendimento, os porto-alegrenses destacaram, na ordem de importância, a qualidade dos produtos, com 43% das preferências. Outros quesitos apontados como relevantes para 32% dos entrevistados, foram com relação à durabilidade, embalagem, garantia e certificação do Inmetro. Para 14% dos consumidores que participaram da pesquisa, as condições de pagamento e o preço influenciam na hora de escolher, assim como as ofertas que são pesquisadas por 11% deles.

Os porto-alegrenses gostam de conferir a imagem conquistada pela marca no mercado, por isso 20% acham que a companhia deve ter uma boa reputação e para tanto 4% verificam a responsabilidade social, 5% querem saber se a atuação é ecologicamente correta e 2% observam o respeito com o RH. Segundo o especialista internacional em relações de consumo e um dos realizadores da pesquisa, Roberto Meir, “os clientes consideram atendimento, qualidade e imagem, características básicas em um produto. Os empreendedores devem ficar atentos, pois os resultados demonstram que são fatores essenciais para concorrer no mercado”.

Metodologia da pesquisa

O estudo “As empresas que mais Respeitam os Consumidores”, aponta o nível de satisfação do consumidor com as empresas que o servem, seguindo os atributos: Atendimento; Qualidade dos produtos e/ou serviços; Preço; Propaganda ética, séria e comprometida; Responsabilidade Social e compromisso com o meio ambiente; e Monitoria da satisfação dos clientes por meio de pesquisas.
Em sua sétima edição, o estudo tem uma inovação importantíssima, sendo, portanto inédita. Foram entrevistados indivíduos que tiveram experiência efetiva com diferentes segmentos e seus subsegmentos. Ou seja, os entrevistados eram usuários efetivos. Com isso, foi possível mensurar a real experiência e não apenas sua percepção ou imagem de respeito.
Para descobrir o nível de satisfação do consumidor, o estudo entrevistou 1350 consumidores nas cidades de São Paulo e interior, Recife, Porto Alegre, Rio de Janeiro e Belo Horizonte. Dela participaram homens e mulheres com mais de 18 anos, das classes sociais A, B, C e D, que escolheram 8 subsegmentos dentro dos 4 macrossegmentos (Indústria, Consumo, Varejo e Serviços) de maior familiaridade.
Segundo a presidente da Shopper Experience, Stella Kochen Susskind, a pesquisa ”As empresas que mais respeitam o consumidor” é inovadora no formato e conteúdo, pois une dados sobre a experiência efetiva dos clientes com as empresas. “Nessa edição tivemos o preciosismo de criar cotas para avaliar resultados em diferentes classes sociais, segmentos e cidades brasileiras, o que nos remete a uma pesquisa completa; uma ferramenta valiosa de avaliação da relação do consumidor com as empresas”, explica. “Acreditamos que ao inovar, estamos indo além da detecção de tendências de atendimento ao consumidor; na verdade, estamos criando-as e definindo uma nova cultura na relação cliente-empresa”, conclui Stella.
De acordo com Meir, Publisher do Grupo Padrão e especialista internacional em relações de consumo a pesquisa ajuda as companhias no estabelecimento de metas mais reais, “ao separar as entrevistas e prioridades de cada parte do país, o empreendedor consegue enxergar aonde ele tem que investir para conquistar mais clientes”.

Veja também

    Noticias

    Associados do Sindilojas POA tem opção de consultoria gratuita para retomada dos...

    Veja mais
    PesquisaNoticias

    Funcionamento das lojas após as enchentes é objeto de pesquisa do Sindilojas POA

    Veja mais
    Noticias

    Pronampe: 30 bi e carência de 2 anos para empreendedores do RS

    Veja mais
    Decretos e regrasNoticias

    Governo do RS atualiza lista com municípios em estado de calamidade e postergaç...

    Veja mais