Terminal 2 do aeroporto Salgado Filho deve abrir quarta-feira

A Infraero decidiu rever o projeto de reforma do Terminal 2 do Aeroporto Internacional Salgado Filho para cumprir o prazo de inauguração da área, prevista para ocorrer na próxima quarta-feira. A revisão…

A Infraero decidiu rever o projeto de reforma do Terminal 2 do Aeroporto Internacional Salgado Filho para cumprir o prazo de inauguração da área, prevista para ocorrer na próxima quarta-feira. A revisão inclui a modificação de alguns itens contratados pela empresa junto a fornecedores, como a colocação dos forros modulares de PVC e a reforma dos banheiros dos saguões de embarque e desembarque.

Mesmo com a obra atrasada, a Infraero manteve a abertura do terminal para 1º de dezembro. Mas o aeroporto deve apresentar problemas de infraestrutura nos primeiros dias de funcionamento, o que pode afastar as empresas interessadas em operar no local. Azul e Webjet já informaram que vão se transferir apenas quando houver conforto para os passageiros.

O Terminal 2 está sendo reformado, ao custo de R$ 2 milhões, para oferecer uma alternativa ao complexo principal do Aeroporto Internacional Salgado Filho, que está saturado.

Os banheiros, segundo a Infraero, serão concluídos apenas em 8 de dezembro, uma semana depois da inauguração. A administradora do aeroporto minimizou o atraso dizendo que a obra será entregue antes do prazo e que os passageiros terão outros sanitários à disposição, fora dos locais restritos a embarque e desembarque.

A reforma do teto também está atrasada. A Norte Chapas, que colocará o forro, vai entregar menos da metade dos 2,3 mil metros quadrados previstos no prazo estipulado pela Infraero. O arquiteto Henrique Dauber, responsável pela execução da reforma, disse que a empresa terá tempo para instalar teto novo apenas no desembarque. Em outras áreas, o teto antigo continuará sendo usado. – Estamos readequando (o contrato) a pedido da Infraero. Não creio que haverá prejuízo, mas será necessário isolar algumas alas depois só para terminar o serviço – lamenta Dauber.

Outra empresa que teve seu contrato modificado informalmente foi a marcenaria Sular, que confeccionará os 22 balcões de check-in. O prazo de execução do serviço, que vence no dia 13, foi cortado em duas semanas. – A Infraero pediu para entregar antes. Concordei, mas só depois que as amostras foram aprovadas. É possível que algum detalhe de acabamento tenha de ser instalado depois de o aeroporto estar funcionando – explica um dos proprietários da empresa, Jair Biagio Canevese.

Os envelopes da licitação para a cafeteria prevista para operar na área de embarque serão abertos na segunda-feira. A Infraero informou, por meio de sua assessoria de imprensa, que foi realizada a contratação temporária de uma empresa especializada “para prestar o atendimento necessário ao público”.

Infraestrutura e serviços

– As empresas que transferirem suas operações para o Terminal 2 não poderão embarcar ou desembarcar pelo Terminal 1.
– Se precisar trocar de terminal, use o ônibus. A circulação interna de carros particulares entre os dois terminais não será permitida.
– Antes de viajar, verifique se não precisa sacar dinheiro. Haverá três unidades de autoatendimento bancário no Terminal 2, mas as bandeiras ainda não estão definidas.
– Apenas o restaurante do mezanino, no 2º andar, estará funcionando na abertura. Não há escada rolante. Um elevador para pessoas com deficiência ou bagagens liga o segundo andar ao mezanino.
– Haverá um posto de informações no Terminal 1 para tirar dúvidas de passageiros em relação ao embarque.

Veja também

    Noticias

    Programação de atividades para a obra do quadrilátero central: 24/02 A 01/03

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Em busca do melhor ponto comercial

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Lajeado recebe a FBV Talks para debater o futuro do presente no varejo

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Café com Lojistas apresenta o significado do varejo e dicas do que está em alta ...

    Veja mais