“Trabalhar sem planejamento é trabalhar sem foco”, afirma Flávio Martins

Coordenador da ESPM-Sul falou sobre planejamento estratégico para o varejo na manhã desta quarta-feira, 24, no evento Café com Lojistas, do Sindilojas Porto Alegre

Adaptar os modelos de negócios, pensar o…

Coordenador da ESPM-Sul falou sobre planejamento estratégico para o varejo na manhã desta quarta-feira, 24, no evento Café com Lojistas, do Sindilojas Porto Alegre

Adaptar os modelos de negócios, pensar o novo consumidor e planejar estratégias a longo prazo são os principais desafios dos lojistas. Foi assim que o professor, consultor e coordenador da ESPM-Sul, Flávio Martins, falou sobre planejamento estratégico para o varejo na edição do Café com Lojistas, do Sindilojas Porto Alegre, na manhã desta quarta-feira, 24.

Para ele, planejar é uma tarefa que deve ser feita diariamente. “O planejamento é algo que deve estar no dia-a-dia do gestor, principalmente hoje que está mais difícil planejar, porque o mundo é muito rápido, muda constantemente. Trabalhar sem planejamento é trabalhar sem foco”, disse.

Além de definir a metodologia básica do planejamento estratégico como missão, visão, valores da empresa e definição de objetivos, estratégias, planos de ação e de metas, Martins orienta que definir o posicionamento de cada negócio é fundamental. “Ele pode mudar de ano a ano como, por exemplo, focar em atendimento, no público-alvo, em emoção, no preço, mas é preciso pensar e executar o plano”, afirmou.

Martins também falou que uma estratégia para avançar no mercado competitivo é entender o que o consumidor deseja. “O consumidor atual quer cada vez mais produtos e serviços exclusivos, personalizados, diferenciados. Ele se envolve com a marca, busca significância. A exigência de criatividade e competência na entrega para o consumidor é muito maior. Os consumidores querem falar com as empresas, entender o produto, querem uma justificativa para o consumo”, declarou.

Para o professor, as empresas que investem em tecnologias estão à frente no mercado porque identificam o que o consumidor quer. “Todos os ambientes empresarias estão sujeitos a mudanças, mas aquelas que estão conseguindo liderar esse momento estão à frente dessa ruptura, se antecipam às mudanças, mudam antes do cliente mudar”, pronunciou.

O professor alertou que a gestão no varejo exige profissionalismo. “A dica é buscar mercados ainda não explorados, se fixar em um nicho específico, pensar e repensar o planejamento”, completou.

Veja também

    NoticiasMarketing

    Em busca do melhor ponto comercial

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Lajeado recebe a FBV Talks para debater o futuro do presente no varejo

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Café com Lojistas apresenta o significado do varejo e dicas do que está em alta ...

    Veja mais
    Noticias

    Reunião de Diretoria Ampla debate temas jurídicos relevantes ao comércio

    Veja mais