Um novo conceito vem aí…

O mercado varejista é, sem dúvida, o que mais tem evoluído nos últimos anos do ponto de vista da gestão e da tecnologia. No atual cenário global, o setor direcionou suas energias para o desenvolvimento de…

O mercado varejista é, sem dúvida, o que mais tem evoluído nos últimos anos do ponto de vista da gestão e da tecnologia. No atual cenário global, o setor direcionou suas energias para o desenvolvimento de inovações relacionadas à governança dos negócios e à experiência de consumo, com canais de venda mais integrados, ferramentas de multicanalidade que convergem para o conceito de Omni Channel e tecnologias que permitem maior mobilidade ao consumidor.

E foi justamente a partir deste conjunto de ações que surgiu o termo Agile Commerce, cunhado por Brian Walker, ex-vice-presidente da consultoria americana Forrester. Acima de tudo, o novo conceito deve ser entendido como uma evolução lógica do comércio multicanal tendo por base quatro premissas: ser obcecado pelo consumidor; otimizar a experiência de compra; permitir diferentes pontos de contato com o cliente a partir da tecnologia; e mudar as métricas de vendas (haja vista que as formas de compra também mudaram).

Neste novo comportamento, o cliente passa a utilizar os multicanais para consumir, os quais devem funcionar juntos para permitir que exista possibilidade de alternância entre eles durante a experiência de compra. Mas só isso não basta. Os varejistas devem atentar-se ao conjunto do processo, cuidando de cada etapa. Tão importante quanto oferecer agilidade no atendimento e no fechamento de compra, é fundamental, por fim, realizar a entrega dos produtos cumprindo todos os prazos estabelecidos.

O conceito do Agile Commerce convida as empresas a desfazerem as barreiras que elas mesmas construíram entre seus canais de venda ao longo dos anos. Informações e dados devem fluir livremente entre eles e unidades de negócio da companhia.

Tradicionalmente, o comércio em geral têm três tipos de canais de venda: as lojas físicas, as vendas diretas (por telefone) e os catálogos de produtos. Com a chegada da internet, o e-commerce tornou-se também um canal de vendas importante, o qual tem crescido significativamente. Segundo dados da consultoria e-bit, a previsão para 2013 é de que a modalidade de vendas movimente R$ 28 bilhões de reais no Brasil, crescimento de 24% em relação aos R$ 22,5 bilhões faturados no ano passado.

A grande questão é que, com a internet, os varejistas passaram a ter uma infinidade de pontos de contato com o seu público consumidor. Website, e-mail, mobile apps, Facebook, Twitter, consoles de videogame, entre outros, tornaram-se um elo entre as partes. Nenhum outro canal, aliás, foi capaz de criar tantos “touch points” em tão pouco tempo.

Além disso, com a expansão da rede mundial de computadores para dentro de carros, eletrodomésticos, aparelhos de televisão e outros tantos pontos de acesso, o número de possibilidade de interação só tende a aumentar. No entanto, é importante lembrar que nenhum deles é um novo canal. Na verdade, estão todos atrelados a um já existente.

Até pouco tempo atrás, os recursos na área de TI eram utilizados apenas como apoio às tarefas do dia a dia, sem fazer parte da estratégia de negócio da empresa. Hoje o cenário mudou consideravelmente e muitas aplicações, sistemas e serviços foram criados, tornando-se imprescindíveis no sentido de ampliar a governança das empresas e fomentar novas oportunidades de negócio. Além disso, as soluções tecnológicas em gestão passaram a atuar como recurso estratégico para a tomada de decisão, fornecendo um olhar mais assertivo para o plano tático, alinhado aos objetivos e metas de crescimento dos empreendimentos.

No mercado varejista, aliás, a importância do uso da tecnologia em prol dos negócios não é diferente. Mais do que isso, as soluções empresariais de gestão contribuem para a rentabilidade, competitividade e sustentabilidade das empresas num mercado tão concorrido como o de varejo.

Veja também

    Noticias

    Nota Oficial: Falta de luz no centro de Porto Alegre

    Veja mais
    Noticias

    Ministério do Trabalho prorroga portaria sobre funcionamento do comércio aos fer...

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Conheça as principais tendências globais de consumo para 2024

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Novas experiências para o consumidor leitor

    Veja mais