Varejo de moda: 4 dicas para criar empatia

Pesquisa mostra a influência das redes sociais na decisão de compra de moda

Facebook, Pinterest e Instagram, nesta ordem, são as redes sociais que mais influenciam consumidores norte-americanos quando o…

Pesquisa mostra a influência das redes sociais na decisão de compra de moda

Facebook, Pinterest e Instagram, nesta ordem, são as redes sociais que mais influenciam consumidores norte-americanos quando o assunto é comprar moda, segundo pesquisa da Polis Consulting, empresa especializada em tecnologias e serviços em social media.

O levantamento mostrou que dentre o público feminino pesquisado, dois grupos se destacaram como aqueles que recebem mais influência das redes sociais para decisão de compra: o de Fashionistas, que respondem por 28% das participantes, e o grupo Social Shoppers, que representa 15% dos entrevistados.

As Fashionistas, segundo a análise, concordam 100% com a afirmação “Moda e Beleza são extremamente importantes para mim”. Já as Social Shoppers acreditam piamente na frase “As marcas e os produtos que as minhas amigas usam influenciam minhas decisões de compras”.

Tanto Fashionistas como Social Shoppers têm no Facebook a plataforma mais utilizada e aquela por meio da qual os grupos são mais influenciados. A grande discrepância, segundo dados abaixo, está no Twitter: exerce influência em 75% das Social Shoppers, mas entre as Fashionistas a influência é exercida em 66%.

4 dicas para atrair público

Com base na pesquisa, a consultoria elencou dicas de como criar empatia e, com isso, elevar o grau de influência da marca

1. Identifique seus ‘influenciados’
Converse com os consumidores, saiba o que estão dizendo. Eles servem de fonte de inspiração e podem ser ótimos canais de lançamento de produtos ou pesquisas de intenção de compra.

2. Use o Facebook para marketing e social intelligence
O público-alvo está na plataforma – e falando do seu produto. Faça com que conheçam seus ítens e utilize as ‘conversas’ para entender desejos e necessidades desses consumidores.

3. Invista em mídias sociais de imagens como Instagram e Pinterest
A moda é sobretudo algo que faz bem ao ‘olho’. As oportunidades de engajar consumidores com conteúdos visuais só tendem a aumentar.

4. Entenda as nuances da sua categoria
Customize a estratégia para a sua categoria específica de produtos, entendendo com mais profundidade como o universo feminino toma decisões de compra em relação a ele.

Veja também

    NoticiasMarketing

    Em busca do melhor ponto comercial

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Lajeado recebe a FBV Talks para debater o futuro do presente no varejo

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Café com Lojistas apresenta o significado do varejo e dicas do que está em alta ...

    Veja mais
    Noticias

    Reunião de Diretoria Ampla debate temas jurídicos relevantes ao comércio

    Veja mais