Varejo diz que deve ampliar contratação

Brasília – Em contrapartida à prorrogação do IPI pelo governo federal para os produtos da linha branca (fogões, geladeiras e máquinas de lavar), por três meses, o varejo vai contratar funcionários…

Brasília – Em contrapartida à prorrogação do IPI pelo governo federal para os produtos da linha branca (fogões, geladeiras e máquinas de lavar), por três meses, o varejo vai contratar funcionários temporários num total de 10% a 15% de seus quadros, segundo a presidente da Instituto de Desenvolvimento do Varejo, Luíza Trajano. Ela acrescentou que 85% dos produtos fabricados já trabalham com os selos de consumo de energia do Inmetro. O presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Produtos Eletroeletrônicos (Eletros), Lourival Kicula, disse que o setor não tem previsão de fazer novas contratações, mas não demitirá funcionários. Ele demonstrou preocupação com o fato de o governo ter atrelado o IPI reduzido à economia energética de cada produto. “”Essa questão não esperávamos agora””, disse.

Veja também

    PesquisaNoticias

    Vendas de eletrodomésticos típicos de frio estão em alta

    Veja mais
    Noticias

    Entidades empresariais cobram agilidade da União para a liberação de recursos a...

    Veja mais
    Noticias

    Transforme talento em marca de sucesso

    Veja mais
    Noticias

    Campanha de incentivo ao comércio local para reerguer Porto Alegre tem apoio do S...

    Veja mais