Varejo espera por nova prorrogação do IPI reduzido para linha branca

O benefício da redução do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) para os produtos da chamada linha branca termina no próximo dia 31 de janeiro. Contudo, representantes varejistas esperam por nova…

O benefício da redução do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) para os produtos da chamada linha branca termina no próximo dia 31 de janeiro. Contudo, representantes varejistas esperam por nova prorrogação do benefício fiscal.

Para o IDV (Instituto para Desenvolvimento do Varejo), por exemplo, a desoneração do imposto deve ser mantida para fortalecer o atual cenário econômico e a retomada do crescimento no período pós-crise.
“É muito importante que o varejo continue com sua atual política de preços aplicada à linha branca e também que a indústria continue com a sua linha de produção aquecida. Nossa expectativa é que a desoneração permaneça, contribuindo para o fortalecimento do cenário econômico atua e favorecendo a retomada do crescimento pós-crise”, disse, por meio de nota, a presidente do Instituto, Luiza Helena Trajano.

IPI reduzido

A última redução do IPI para produtos da linha branca ocorreu em novembro do ano passado e foi atrelada à eficiência energética dos aparelhos. No caso das geladeiras, por exemplo, aquelas com selo Procel de consumo de energia A continuaram com a alíquota reduzida de 5%, enquanto as com selo B passaram a uma alíquota de 10% e as com selo C, D e E voltaram ao IPI de 15%. De acordo com a assessoria de imprensa do Magazine Luiza, na rede, por exemplo, a medida aumentou em 25% a venda destes produtos.

Veja também

    Noticias

    Programação de atividades para a obra do quadrilátero central: 24/02 A 01/03

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Em busca do melhor ponto comercial

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Lajeado recebe a FBV Talks para debater o futuro do presente no varejo

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Café com Lojistas apresenta o significado do varejo e dicas do que está em alta ...

    Veja mais