Vendas do varejo crescem 6,8% em janeiro, aponta IDV

A projeção do IAV-IDV (Índice Antecedente de Vendas) é de crescimento de 6,5% em fevereiro ante o mesmo mês do ano passado

O Instituto para Desenvolvimento do Varejo (IDV) informou que, de acordo com…

A projeção do IAV-IDV (Índice Antecedente de Vendas) é de crescimento de 6,5% em fevereiro ante o mesmo mês do ano passado

O Instituto para Desenvolvimento do Varejo (IDV) informou que, de acordo com seus associados, as vendas reais em janeiro deste ano cresceram 6,8% na comparação com o mesmo período do ano anterior.

Com o resultado, a perspectiva das 48 empresas varejistas que compõem o Instituto é de que este ano o primeiro semestre seja de resultados melhores que no mesmo período de 2013.

A projeção do IAV-IDV (Índice Antecedente de Vendas) é de crescimento de 6,5% em fevereiro ante o mesmo mês do ano passado. Para março, a perspectiva é de elevação de 7,4% e, em abril, de 9,6%.

Em nota, o presidente do IDV, Flávio Rocha, afirma que o início do ano é mais promissor em relação a 2013, mas não descarta dificuldades pela frente.

“A confiança dos consumidores anda em baixa e há um cenário macroeconômico nacional e internacional desafiador, o que nos exige um alerta quanto à otimização do desempenho do setor em 2014”, declarou.

Em janeiro, a melhor performance, segundo o IDV, foi do setor de bens duráveis, cujas vendas atingiram alta de 7,4% ante janeiro de 2012.

Já para os meses seguintes, as expectativas são de alta de 3,9% em fevereiro, 6% em março e 8,6% em abril, sempre na comparação com o mesmo mês do ano anterior.

O varejo de não duráveis, que responde em sua maior parte pelas vendas de supermercados, hipermercados, food service e perfumaria, apresentou alta de 6,3% em janeiro, na comparação com o mesmo mês do ano anterior. A expectativa de crescimento para fevereiro, março e abril é de 5,3%, 10% e 9,8%, respectivamente.

Já no setor de bens semiduráveis, que inclui vestuário, calçados, livrarias e artigos esportivos, os associados apontaram alta de 6,8% das vendas realizadas em janeiro. Para este e os próximos dois meses, a expectativa de crescimento é de 11,6% em fevereiro, 7,6% em março e 10,6% em abril.

Os dados do IDV levam em consideração as vendas realizadas e as estimativas dos associados da entidade. São 48 empresas de grande porte como Grupo Pão de Açúcar, Lojas Americanas, Magazine Luiza, Walmart, entre outras.

Veja também

    Noticias

    Reunião de Diretoria Ampla debate temas jurídicos relevantes ao comércio

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Feira Brasileira do Varejo (FBV) é lançada oficialmente em Porto Alegre

    Veja mais
    Noticias

    Programação de atividades para a obra do quadrilátero central: 19/02 A 23/02

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Tendências mundiais que impactam o varejo local

    Veja mais