Veto à extinção de pagamento da multa de 10% ao FGTS é mantido

O Sindilojas Porto Alegre acompanhou a votação ao veto da presidente Dilma Rousseff ao Projeto de Lei Complementar 200/12 que extinguia a multa adicional de 10% do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço…

O Sindilojas Porto Alegre acompanhou a votação ao veto da presidente Dilma Rousseff ao Projeto de Lei Complementar 200/12 que extinguia a multa adicional de 10% do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), paga pelas empresas nos casos de demissões sem justa causa. A votação ocorreu ontem, 17, e a Câmara de Deputados decidiu por manter o veto presidencial, mantendo a cobrança da multa.

A Entidade reitera que a decisão não contribui para o crescimento do País, vai na contramão dos esforços para desonerar a folha de pagamento e coloca nas empresas a responsabilidade de pagar contas que não são suas. A multa, criada em 2001 em caráter provisório para cobrir rombos nas contas do FGTS causados por planos econômicos do passado, cumpriu sua função em julho de 2012.

Veja também

    Noticias

    Reunião de Diretoria Ampla debate temas jurídicos relevantes ao comércio

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Feira Brasileira do Varejo (FBV) é lançada oficialmente em Porto Alegre

    Veja mais
    Noticias

    Programação de atividades para a obra do quadrilátero central: 19/02 A 23/02

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Tendências mundiais que impactam o varejo local

    Veja mais