Você marca gol no trabalho em equipe?

Assim como nos campos, nas empresas o trabalho em equipe torna-se imprescindível para a competitividade

Com a Copa do Mundo sob os holofotes da mídia, a escalação da seleção rende uma boa conversa. A…

Assim como nos campos, nas empresas o trabalho em equipe torna-se imprescindível para a competitividade

Com a Copa do Mundo sob os holofotes da mídia, a escalação da seleção rende uma boa conversa. A começar pela grande responsabilidade dos técnicos dos 32 países participantes, que se debruçaram sobre a composição do time com o objetivo de conquistar a taça de campeão.

Os atletas convocados são a esperança de milhões de torcedores e, para fazê-los brilhar, cabe ao treinador uma importante tarefa: promover o trabalho em equipe. Como líder, ele deve conjugar os esforços individuais de forma a maximizar o potencial coletivo. Já aos jogadores, não basta ter um desempenho fantástico com a bola, é preciso saber dividir as jogadas, cumprir as regras, ajudar os companheiros e aceitar sua hora de ir para o banco.

Assim como nos campos, nas empresas o trabalho em equipe torna-se imprescindível para a competitividade, em função dos ganhos relacionados à solução de problemas, inovação, eficiência operacional, satisfação dos clientes e aprendizado organizacional.

Mas, para que o seu potencial seja ampliado, é fundamental que o encargo pelo desempenho das equipes seja compartilhado, ou seja, assim como a empresa deve fornecer estrutura e liderança capacitada, os profissionais devem prover conhecimentos, habilidades e atitudes que favoreçam os resultados. Afinal, a empresa é apenas um dos lados da moeda que representa as relações de trabalho: o outro é a pessoa, enquanto profissional.

Há quatro facilitadores que turbinam a competência de trabalhar em equipe. Aproveite o momento e pense a respeito:

1. CONFIANÇA – Você é uma pessoa em quem se pode confiar?

As pessoas que trabalham com você podem confiar na qualidade do seu trabalho, nas suas informações, no cumprimento dos prazos e no seu compromisso com os objetivos da equipe?

2. COLABORAÇÃO – Você é uma pessoa com a qual se pode contar?

Você disponibiliza seu tempo, conhecimentos e experiência para, se necessário, ajudar seus colegas de trabalho em função dos objetivos da equipe?

3. RESPEITO PELAS DIFERENÇAS – Você é uma pessoa que respeita a diversidade na equipe de trabalho?

Você tem respeito pela singularidade de cada pessoa? Você é capaz de enfatizar a contribuição e as competências de cada integrante da equipe ao invés das características pessoais?

4. RELACIONAMENTO POSITIVO – Você tem um bom relacionamento com as pessoas?

No seu vocabulário profissional, há expressões como: muito obrigado, por favor, com licença, me desculpe e bom dia? Você faz a sua parte para que o ambiente de trabalho na sua empresa seja bom e saudável? Há um sorriso no seu rosto? Você escuta as pessoas com atenção?

A competência para trabalhar em equipe está entre as mais valorizadas pelas empresas contemporâneas e a pessoa que se atenta a isso e se dedica a aprimorá-la está, na verdade, marcando um gol em sua competitividade profissional.

Veja também

    NoticiasMarketing

    Em busca do melhor ponto comercial

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Lajeado recebe a FBV Talks para debater o futuro do presente no varejo

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Café com Lojistas apresenta o significado do varejo e dicas do que está em alta ...

    Veja mais
    Noticias

    Reunião de Diretoria Ampla debate temas jurídicos relevantes ao comércio

    Veja mais