Volume de fusões e aquisições é recorde neste ano

As operações de fusões e aquisições no Brasil devem continuar aquecidas em 2011, mas dificilmente atingirão o volume registrado este ano. A avaliação é do presidente do subcomitê de fusões e…

As operações de fusões e aquisições no Brasil devem continuar aquecidas em 2011, mas dificilmente atingirão o volume registrado este ano. A avaliação é do presidente do subcomitê de fusões e aquisições da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima), Bruno Amaral.

Entre janeiro e setembro deste ano, os negócios totalizaram R$ 144,8 bilhões, o que já representa um recorde, mesmo em comparação com todo o ano 2007, até então o de maior movimentação, com R$ 136,5 bilhões. Nos nove primeiros meses de 2010, foram realizadas 94 fusões e aquisições, contra 148 em 2007.

Das dez maiores operações anunciadas este ano, quatro aconteceram no terceiro trimestre, segundo Amaral. Entre elas estão a compra da participação da Portugal Telecom (PT) na Vivo pela Telefônica, por R$ 18,2 bilhões, e a entrada da PT no capital da Oi, em uma transação avaliada em R$ 9 bilhões. O trimestre foi marcado ainda pelo anúncio da fusão entre a companhia aérea brasileira TAM e a chilena Lan, estimada em R$ 14,4 bilhões, e a associação entre a Shell e Cosan, no volume de R$ 11,6 bilhões. – É difícil imaginar que teremos uma repetição do que ocorreu este ano com o setor de telecomunicações — afirmou.

Veja também

    Noticias

    Programação de atividades para a obra do quadrilátero central: 24/02 A 01/03

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Em busca do melhor ponto comercial

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Lajeado recebe a FBV Talks para debater o futuro do presente no varejo

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Café com Lojistas apresenta o significado do varejo e dicas do que está em alta ...

    Veja mais