6 dicas para abordar seus clientes

É importante compreender que a venda não é um ato isolado, pelo contrário, ela é um processo que abrange desde a abordagem ao cliente até a certificação de sua satisfação com o produto ou serviço que adquiriu.

É importante compreender que a venda não é um ato isolado, pelo contrário, ela é um processo que abrange desde a abordagem ao cliente até a certificação de sua satisfação com o produto ou serviço que adquiriu.

Diante disso, apresentamos a etapa de Abordagem – o primeiro contato para criar vínculos sólidos com o cliente – em que nos aproximamos dele com o intuito de atender-lhe bem e, ainda, fidelizá-lo, por meio de atitudes simples, atentas e estratégicas.
Assim, quando o assunto é abordar, é importante entender que existem diversas formas de apresentar-se para o cliente, chamar sua atenção e conquistar sua confiança, bem como saber adaptar as distintas maneiras de abordagem de acordo com os perfis e comportamentos de cada cliente

1. Seja acessível, tenha sempre um sorriso e não se esconda na loja. Fique sempre em um lugar visível.

2. Tenha uma aparência de sucesso. Cuide de seu uniforme, esteja sempre com ele limpo e passado. Mulheres: Usem uma maquiagem leve – Homens: Barba feita

3. Fuja do convencional, não aborde o cliente com palavras negativas do tipo “pois não”. Seja um vencedor, cumprimente-o com um caloroso “bom-dia!”. Pergunte em que pode ajudá-lo ou se você já sabe o que o cliente quer, faça um comentário positivo sobre o produto ou serviço.

4. Ofereça seus serviços e se apresente como alguém que pode ajudar, não como quem deseja vender. As pessoas estão em busca de solução.
Tenha um cartão de visitas para que o cliente se lembre do seu nome e possa voltar a falar com você.

5. Não seja “vendedor chiclete”. Muitos ficam tocando no cliente,
empurrando-o para dentro da loja. Lembre-se de que algumas pessoas odeiam ser tocadas. Muitas vezes, um sorriso agradável com um movimento de corpo gera mais resultado que um aperto de mão.

6. Demonstre harmonia, melodia e ritmo. Como em uma música, na venda tudo tem de estar em sincronia. Sua aparência precisa estar em harmonia com o que está falando e vendendo. Você deve escolher as palavras certas para dizer ao cliente (isso é melodia). E o ritmo da abordagem é o que dará o tom da venda – não acelere demais nem seja lento na frente dele.

Fonte: Marketing no Varejo

 

Veja também

    Noticias

    Nota Oficial: Falta de luz no centro de Porto Alegre

    Veja mais
    Noticias

    Ministério do Trabalho prorroga portaria sobre funcionamento do comércio aos fer...

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Conheça as principais tendências globais de consumo para 2024

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Novas experiências para o consumidor leitor

    Veja mais