Chuva prejudicou o comércio da Capital

Segundo levantamento realizado pelo Sindilojas Porto Alegre o temporal da noite desta sexta-feira (29) refletiu na queda do movimento e faturamento do comércio da Capital. 

Segundo levantamento realizado pelo Sindilojas Porto Alegre o temporal da noite desta sexta-feira (29) refletiu na queda do movimento e faturamento do comércio da Capital. O faturamento do dia, em média, caiu 20,14%. Já em relação ao resultado do mês de janeiro, o impacto negativo é de 3,5%.

O principal prejuízo foi a falta de energia elétrica e rede de internet, que prejudicou o funcionamento de todas as lojas consultadas. Em função disso, muitos estabelecimentos ficaram fechados, tanto no comércio de rua como no de shopping. Em relação às lojas localizadas nos centros comerciais que não abriram, o faturamento do dia foi totalmente perdido.

Nas lojas de rua, o movimento dos consumidores caiu drasticamente em comparação com um sábado normal. Além disso, os lojistas relatam danos materiais, tais como destelhamento e alagamento na parte interna dos estabelecimentos, e perda de mercadoria.

Por outro lado, lojas de materiais de construção e ferragens registraram neste sábado (30) aumento na procura por lonas, telhas, lanternas, compensado e luz de emergência.

 

Fonte: Sindilojas Porto Alegre

Foto: Betina Carcuchinski/PMPA

Veja também

    Noticias

    Nota Oficial: Falta de luz no centro de Porto Alegre

    Veja mais
    Noticias

    Ministério do Trabalho prorroga portaria sobre funcionamento do comércio aos fer...

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Conheça as principais tendências globais de consumo para 2024

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Novas experiências para o consumidor leitor

    Veja mais