Como oferecer uma experiência de consumo relevante

Se você quer se manter presente na cabeça dos seus consumidores, confira as dicas

O comportamento de consumo está intrinsecamente relacionado ao comportamento social e as mudanças que observamos nos últimos anos, trazidas em grande parte pelos avanços da tecnologia, tem transformado drasticamente os ambientes de compra. As empresas que não estiverem atentas e dispostas a acompanhar e, porque não, antecipar estas mudanças estão fadados a desaparecer. Portanto mantenha olhos e mente muito abertos para acompanhar o mercado.

Se você quer se manter vivo na cabeça dos seus consumidores que tal dar uma olhadinha nas dicas abaixo:

1. COMPARTILHE PROPÓSITO

A concorrência aumenta a cada dia! Produtos similares existem aos montes no mercado. Por isso, enxergue seu negócio além do produto e/ou serviço. Ofereça algo a mais! Faça as pessoas perceberem que sua marca “tem opinião”, mesmo que ela siga na contramão da maioria. Isso, com certeza, trará para perto de você consumidores que compartilham dos mesmos ideais.

2. CO-CRIAÇÃO

Permitir que o consumidor participe da criação e/ou do aprimoramento de produtos e/ou serviços é uma chave importante para a inovação. Os jovens millennials e seus sucessores da geração Z acostumaram-se a buscar novas soluções para problemas antigos através da internet e de múltiplas redes de relacionamento, online e offline. Criar em rede é uma realidade da qual não podemos fugir. Proporcionar esse ambiente colaborativo empodera o consumidor que, como parte integrante do processo, reconhece o papel transformador da marca e compartilha seus valores com um número cada vez maior de indivíduos.

3. EXPERIÊNCIA SENSORIAL

A visão é nosso principal sentido no que se refere a percepção de marcas e produtos, no entanto é fundamental pensar de maneira holística para integrar todos os sentidos a fim de oferecer uma experiência marcante e significativa para os consumidores.

4. INTERAÇÃO E STORYTELLING

Por natureza, gostamos de histórias, porque nos identificamos com os personagens, suas trajetórias, seus medos, desafios e conquistas (quem nunca?). Portanto, se você quer que os shoppers se tornem porta vozes da sua marca, é preciso envolve-los, oferecendo-os motivos para compartilhar as experiências vivenciadas.

Melhor ainda é criar um ambiente – seja ele real (loja física) ou virtual (loja online, anúncios, campanhas e etc.) – no qual os consumidores possam “fazer parte” da estória como personagem principal por meio de diferentes formas de interação – fator importante dentro da experiência de consumo que envolve e manipula a sensorialidade.

Fonte: Whatever Varejo Criativo.

Veja também

    Noticias

    O Sindilojas Porto Alegre é finalista do Top de Mkt ADVB/RS 2024

    Veja mais
    Noticias

    Programação de atividades desta semana para as obras no Centro da capital

    Veja mais
    PesquisaNoticias

    Vendas de eletrodomésticos típicos de frio estão em alta

    Veja mais
    Noticias

    Entidades empresariais cobram agilidade da União para a liberação de recursos a...

    Veja mais