Dia das Mães deve injetar R$ 72 milhões no comércio da Capital

Pesquisa do Sindilojas Porto Alegre e da CDL Porto Alegre mapeou as preferências e expectativas para o comércio em uma das datas mais importantes do varejo

O Dia das Mães vai movimentar o setor varejista de Porto Alegre. Pesquisa encomendada pelo Sindilojas Porto Alegre e CDL Porto Alegre revelou que o volume de vendas deve ficar 9,87% maior do que o observado no mesmo período do ano passado (quando se registrou incremento de R$ 62 milhões).

O otimismo é apoiado na intenção de compras dos porto-alegrenses. De acordo com a pesquisa, 81,8% dos entrevistados pretendem comprar presente para suas mães. O tíquete médio gasto no presente deve ficar em torno dos R$ 142, valor semelhante ao de 2012.

Itens de vestuário, mais uma vez, lideram a preferência, tanto das presenteados como de quem vai dar o presente. O estudo mostrou que 21% dos entrevistados pretendem comprar peças do vestuário. Já as mães relataram que desejam ganhar calçados (16,1%) ou roupas (12,4%).

“Esta é a segunda data mais importante do varejo e já se destaca como a principal do ano em vendas de vestuário. Além de crescimento econômico do varejo, ela é uma oportunidade para fidelizar clientes, oferecendo atendimento e produtos diferenciados”, afirma o presidente do Sindilojas Porto Alegre, Ronaldo Sielichow.

“Todo o varejo está otimista com as vendas do Dia das Mães. A troca de estação também deve ser um fator impulsionador das compras, especialmente no setor de roupas e calçados”, avalia o presidente da CDL Porto Alegre, Gustavo Schifino.

Presentes de última hora
Outro dado apontado foi o aumento da pretensão pela compra de dois presentes, 29,7% em 2013 contra 26,5% em 2012. Além disso, a maioria dos consumidores deve deixar para finalizar as compras do Dia das Mães a partir de maio. A pesquisa mostrou que 24,5% das compras devem ser feitas na primeira semana de maio, enquanto 30,25% dos consumidores deixarão para a semana do Dia das Mães. Essa demora em ir às compras pode comprometer a tranquilidade dos consumidores e gerar aquele tradicional “tumulto” de última hora – esse foi, inclusive, o item mais citado quando questionados sobre o que incomoda na hora de escolher o presente. A dica, portanto, é antecipar as compras.

A pesquisa foi realizada pela Rohde & Carvalho, a pedido do Sindilojas Porto Alegre e da CDL Porto Alegre. Foram ouvidas 400 pessoas nas ruas e shoppings da Capital, entre os dias 26 de março e 3 de abril.

Veja também

    Noticias

    O público 60+ consome e precisa ser melhor atendido

    Veja mais
    Noticias

    O Sindilojas Porto Alegre é finalista do Top de Mkt ADVB/RS 2024

    Veja mais
    Noticias

    Programação de atividades desta semana para as obras no Centro da capital

    Veja mais
    PesquisaNoticias

    Vendas de eletrodomésticos típicos de frio estão em alta

    Veja mais