FMI eleva previsão de crescimento da economia mundial

Projeção passou de 4,2% para 4,6% em 2010. Em 2011, previsão foi mantida em 4,3%. Para o Brasil, a projeção do FMI é que o PIB cresça 7,1% neste ano e 4,2% em 2011
Os problemas da zona do euro não…

Projeção passou de 4,2% para 4,6% em 2010. Em 2011, previsão foi mantida em 4,3%. Para o Brasil, a projeção do FMI é que o PIB cresça 7,1% neste ano e 4,2% em 2011
Os problemas da zona do euro não desestabilizaram a recuperação econômica global, disse o Fundo Monetário Internacional (FMI) nesta quinta-feira, mas a instituição alertou que as crescentes preocupações com os níveis de dívida soberana continuam a representar um risco. Em sua Perspectiva Econômica Mundial, divulgada nesta quinta, o Fundo elevou sua previsão de crescimento global em 2010 para 4,6%, dos 4,2% anteriormente. Para 2011, a previsão foi mantida em 4,3%. Em relação ao Brasil, a projeção do FMI é que o PIB cresça 7,1% neste ano e 4,2% em 2011.

>>>> Confira outras notícias sobre mercados e indicadores

Segundo o FMI, vários fatores, incluindo a fraqueza do mercado imobiliário nos EUA, as questões sobre as reservas de capital dos bancos europeus e a incerteza sobre o impacto das reformas regulatórias, continuam a trazer riscos para a recuperação mundial. “Uma queda na confiança em relação à sustentabilidade fiscal, às respostas das políticas públicas e às perspectivas de crescimento futuro lançaram uma nuvem sobre a previsão”, disse o FMI em seu relatório, notando que “o potencial efeito redutor sobre o crescimento do recente estresse financeiro é altamente incerto”.

O Fundo continua a esperar dos países emergentes e em desenvolvimento, que vêm puxando o crescimento global, uma expansão mais rápida do que a dos países avançados. A instituição estima que as economias emergentes vão crescer 6,8% neste ano – mais do que o dobro da expansão de 2,6% projetada para as economias avançadas. Essa tendência deve continuar ao longo de 2011, quando os mercados emergentes devem crescer em 6,4% e as economias avançadas, em 2,4%, segundo o Fundo.

O FMI espera um crescimento econômico particularmente forte na Ásia. Para a China, a expansão projetada para este ano é de 10,5% e para o ano que vem, de 9,6%. Na Índia, o FMI espera que o PBI cresça 9,4% neste ano e 8,4% no ano que vem. As informações são da Dow Jones.

Veja também

    Noticias

    O Sindilojas Porto Alegre é finalista do Top de Mkt ADVB/RS 2024

    Veja mais
    Noticias

    Programação de atividades desta semana para as obras no Centro da capital

    Veja mais
    PesquisaNoticias

    Vendas de eletrodomésticos típicos de frio estão em alta

    Veja mais
    Noticias

    Entidades empresariais cobram agilidade da União para a liberação de recursos a...

    Veja mais