Governo prepara alívio tributário

O governo pretende criar novas alíquotas do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF), todas abaixo do teto atual, que é de 27,5%, para dar um alívio à classe média e liberar dinheiro para o consumo….

O governo pretende criar novas alíquotas do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF), todas abaixo do teto atual, que é de 27,5%, para dar um alívio à classe média e liberar dinheiro para o consumo. Integrante do arsenal anticrise do governo, a medida estava em discussão ontem à tarde no Ministério da Fazenda para ser submetida ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Reformar a tabela do IRPF deve ser a principal peça do minipacote de bondades que poderá ser divulgado na manhã de hoje pelo presidente Lula durante reunião com empresários em Brasília. Além do alívio aos assalariados, estava sobre a mesa de discussão o corte do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) para pessoas físicas e jurídicas – uma forma de reduzir o custo do crédito, tão criticado por governo e empresários.

O governo tem se mostrado sensível às reivindicações para a garantia do emprego e da atividade econômica. E a forma mais rápida de trazer essa tranqüilidade seria a desoneração tributária de impostos. Apesar das intensas discussões em torno do minipacote há uma tendência: desta vez as medidas devem beneficiar pessoas, principalmente de classe média. Integrantes da equipe econômica avaliam que as empresas já foram bem atendidas. Depois de apresentar essas propostas, o que Lula pretende ouvir dos empresários é o compromisso de não deixar os investimentos caírem e de preservar o emprego.

Veja também

    NoticiasMarketing

    NRF 2024 vista por dentro

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Encerrada a etapa das 4 edições do Talks pré 11ª FBV

    Veja mais
    Noticias

    Sindilojas Porto Alegre recebe prêmio da Confederação Nacional do Comércio (CNC)

    Veja mais
    Decretos e regrasNoticias

    Funcionamento do comércio no feriado de Tiradentes: saiba como será

    Veja mais