Indicador de incerteza da economia cai ao menor nível desde 2015

O Indicador de Incerteza da Economia da Fundação Getulio Vargas (FGV) recuou 8,3 pontos de setembro para outubro e atingiu 111 pontos, o menor nível desde fevereiro de 2015. Essa é a quarta queda seguida, segundo a pesquisa

O Indicador de Incerteza da Economia da Fundação Getulio Vargas (FGV) recuou 8,3 pontos de setembro para outubro e atingiu 111 pontos, o menor nível desde fevereiro de 2015. Essa é a quarta queda seguida, segundo a pesquisa.

“Este é um registro histórico importante para o indicador de incerteza da economia. Após quase três anos oscilando acima dos 120 pontos, e com muita volatilidade, o IIE-Br parece registrar o encerramento desse longo período de incerteza econômica muito elevada, motivada principalmente por eventos políticos", disse o economista Pedro Costa Ferreira da FGVIBRE, em nota.

O indicador de incerteza é calculado considerando três subíndices: mídia – baseado na frequência de notícias com menção à incerteza nas mídias impressa e online; expectativa – construído com base nas previsões de especialistas para a taxa de câmbio e para o IPCA (inflação oficial), e mercado – baseado na volatilidade do mercado acionário, medido pelo Ibovespa.

Em outubro, esses três componentes registraram queda. A maior contribuição partiu do item mídia.

 

 

 

Fonte: G1

Veja também

    Noticias

    Cultura organizacional é foco do debate no Varejo Movimento

    Veja mais
    Noticias

    Sindilojas POA participa da abertura de Feira da Acomac

    Veja mais
    Noticias

    Comércio Solidário: Sindilojas Poa é parceiro da Fecomércio-RS

    Veja mais
    Noticias

    O público 60+ consome e precisa ser melhor atendido

    Veja mais