Juros ao consumidor aumentam em todos os estados, diz Anefac

SÃO PAULO – Após aumentar em todos os estados em novembro, na comparação com outubro, as taxas médias de juros ao consumidor ficaram acima de 90% ao ano, exceto em dois deles. Segundo dados da Anefac…

SÃO PAULO – Após aumentar em todos os estados em novembro, na comparação com outubro, as taxas médias de juros ao consumidor ficaram acima de 90% ao ano, exceto em dois deles. Segundo dados da Anefac (Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade) divulgados na quarta-feira (9), no Rio Grande do Sul, por exemplo, onde são registradas as maiores taxas de juros, a média ficou em 97,38% a.a. no mês passado. Já em São Paulo, onde a associação identificou a menor taxa de juros, a média era de 80,20% em novembro.

Crediário x outros créditos

Na média nacional, os juros do crediário do comércio estão entre os menores, na comparação com as demais modalidades de crédito analisadas pela associação. Enquanto a cobrança do crediário é de 92,08% ao ano (5,59% ao mês), o juro do cartão de crédito ficou em novembro em 238,30% ao ano (10,69% ao mês), sendo a maior taxa desde junho de 2000. O juro do cheque especial subiu para 140,58% anuais (7,59% mensais) e o do empréstimo pessoal em financeiras ficou em 198,45% ao ano (9,54% mensais). No fim da lista estão empréstimo pessoal em bancos (73,72% anuais e 4,71% a.m.) e as taxas do CDC (Crédito Direto ao Consumidor) concedido por bancos para compra de veículos (31,53% ao ano e 2,31% mensais).

Veja também

    NoticiasMarketing

    Em busca do melhor ponto comercial

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Lajeado recebe a FBV Talks para debater o futuro do presente no varejo

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Café com Lojistas apresenta o significado do varejo e dicas do que está em alta ...

    Veja mais
    Noticias

    Reunião de Diretoria Ampla debate temas jurídicos relevantes ao comércio

    Veja mais