Mais azuizinhos e pardais para reduzir acidentes

Com o objetivo de reduzir o número de acidentes em Porto Alegre, a Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) colocará nas ruas dezenas de novos azuizinhos e pardais. O reforço na fiscalização faz…

Com o objetivo de reduzir o número de acidentes em Porto Alegre, a Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) colocará nas ruas dezenas de novos azuizinhos e pardais. O reforço na fiscalização faz parte de uma ofensiva do órgão para brecar o elevado índice de ocorrências no município. A lista de medidas deve a ser divulgada na manhã de hoje pela EPTC. Com a formação de 97 novos fiscais de trânsito, a equipe de agentes aumentará 21%, de 464 para 561. Os funcionários foram aprovados em concurso e devem terminar o seu curso em cerca de um mês. Os pardais também devem entrar em operação em breve.

– Já está tudo devidamente aprovado. Estamos operacionalizando para fazer com que isso aconteça em novembro ainda – afirmou o prefeito José Fortunati. A quantidade de equipamentos que serão colocados nas ruas não foi divulgada, mas será “significativa”, de acordo com Fortunati. Atualmente, a cidade conta com 30 pardais em suas ruas e avenidas. – Não chegará a dobrar o número de pardais, mas vai ter impacto – disse o prefeito.

Algumas vias cotadas para receberem os dispositivos são as avenidas Assis Brasil, Ipiranga e Castelo Branco. Atualmente, há pardais na Assis Brasil (quatro), Bento Gonçalves (quatro), Cavalhada (quatro), Ipiranga (quatro), João de Oliveira Remião (dois), Manoel Elias (dois), Nilo Peçanha (quatro), Nonoai (dois), Protásio Alves (dois), Silva Só (dois).

A EPTC também pretende instalar mais câmeras de monitoramento de trânsito. A ideia é passar das 36 hoje em funcionamento para cem até a Copa do Mundo de 2014, segundo o gerente de Operações da empresa, Paulo Gumercindo Machado. Outra medida esperada é o reforço na verificação das paradas de ônibus. Em 13 de abril, Valtair Jardim de Oliveira, 21 anos, morreu com um choque elétrico em uma parada na Avenida João Pessoa. O índice de acidentes na cidade é considerado alto pela EPTC. Até setembro deste ano, foram computadas 19.212 ocorrências – no ano passado, aconteceram 22.988. Se a média mensal de 2010 se mantiver até dezembro, superando 2 mil casos, o total de acidentes em Porto Alegre se tornará o maior desde 2000.

Veja também

    Noticias

    O Sindilojas Porto Alegre é finalista do Top de Mkt ADVB/RS 2024

    Veja mais
    Noticias

    Programação de atividades desta semana para as obras no Centro da capital

    Veja mais
    PesquisaNoticias

    Vendas de eletrodomésticos típicos de frio estão em alta

    Veja mais
    Noticias

    Entidades empresariais cobram agilidade da União para a liberação de recursos a...

    Veja mais