Será um Natal tradicional

A pesquisa da Fecomércio sobre intenção de consumo de Natal indica um crescimento de 8 a 9% nas vendas sobre o Natal passado. Não vai ser um Natal gordo, portanto, refletindo a modesta expansão da economia…

A pesquisa da Fecomércio sobre intenção de consumo de Natal indica um crescimento de 8 a 9% nas vendas sobre o Natal passado. Não vai ser um Natal gordo, portanto, refletindo a modesta expansão da economia brasileira. Mas 8 a 9% sobre as vendas do Natal passado pode não ser pouco, porque o Natal passado foi muito bom. O presidente da Fecomércio, Zildo de Marchi, aposta na taxa baixa de desemprego, associada a taxas de juros menores na economia brasileira, para ser otimista. E vai ser um Natal tradicional em presentes, que deverão ser liderados pelo vestuário, seguido de brinquedos, calçados, perfumes e só então de eletroeletrônicos e celulares. Mas com um detalhe. Neste ano, uma parte dos brinquedos virá embutida da eletrônica. Afinal, as crianças estão hoje cada vez mais rodeadas destas fantásticas engenhocas e os brinquedos reproduzem a evolução da cultura e tecnologia da sociedade.

Veja também

    Noticias

    O público 60+ consome e precisa ser melhor atendido

    Veja mais
    Noticias

    O Sindilojas Porto Alegre é finalista do Top de Mkt ADVB/RS 2024

    Veja mais
    Noticias

    Programação de atividades desta semana para as obras no Centro da capital

    Veja mais
    PesquisaNoticias

    Vendas de eletrodomésticos típicos de frio estão em alta

    Veja mais