Sindilojas Porto Alegre e outras entidades se reúnem para audiência pública sobre segurança

Entidades se reuniram na tarde desta quinta-feira, 19, para debater a crise na segurança pública, que afeta todo Rio Grande do Sul e, principalmente, Porto Alegre e a região metropolitana, que são os locais que apresentam os maiores índices de violência.

Entidades se reuniram na tarde desta quinta-feira, 19, para debater a crise na segurança pública, que afeta todo Rio Grande do Sul e, principalmente, Porto Alegre e a região metropolitana, que são os locais que apresentam os maiores índices de violência. A audiência pública foi promovida pela OAB/RS, com o objetivo de debater com a sociedade civil os problemas e perspectivas da gestão do Estado.

O presidente do Sindilojas Porto Alegre, Paulo Kruse, esteve presente e falou em nome do Sindicato. Em seu pronunciamento, lembrou que o aumento no valor dos produtos pode estar ligado também a insegurança, porque os lojistas precisam contratar serviços particulares para se protegerem, o que pode acarretar em um custo adicional de até 10% no preço das mercadorias.

Além disso, Kruse falou sobre a necessidade de mudança nas leis do País. “Para resolver essa situação, precisamos mudar a nossa legislação. Temos que levar isso para a Assembleia e União. Só assim conseguiremos mudar a situação da segurança pública”, afirma. 

Veja também

    Noticias

    Reunião de Diretoria Ampla debate temas jurídicos relevantes ao comércio

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Feira Brasileira do Varejo (FBV) é lançada oficialmente em Porto Alegre

    Veja mais
    Noticias

    Programação de atividades para a obra do quadrilátero central: 19/02 A 23/02

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Tendências mundiais que impactam o varejo local

    Veja mais