Tarso apresenta objetivos estratégicos aos secretários

A manhã de ontem foi movimentada na ala residencial do Palácio Piratini. Palco de reuniões desde que o governador Tarso Genro (PT) tomou posse, o Galpão Crioulo recebeu todos os 30 secretários de Estado…

A manhã de ontem foi movimentada na ala residencial do Palácio Piratini. Palco de reuniões desde que o governador Tarso Genro (PT) tomou posse, o Galpão Crioulo recebeu todos os 30 secretários de Estado para serem apresentados ao mapa de objetivos estratégicos do governo.

Elaborado pelo secretário de Planejamento, Gestão e Participação Cidadã, João Motta (PT), o quadro busca elementos do plano de governo, do seminário realizado em dezembro de 2010 e de diretrizes da União e da própria Organização das Nações Unidas.

A intenção é que os 15 objetivos norteiem os chefes das pastas estaduais na elaboração de projetos em conjunto. Além disso, foram apresentadas 35 prioridades estratégicas, que se desdobram em ações e em projetos nas secretarias estaduais.

Apesar de ter sido exibido ontem, o mapa de objetivos estratégicos ainda será corroborado em um seminário de governo que ocorrerá em 18 de março. O diretor de Planejamento da Secretaria do Planejamento, Álvaro Magalhães, aponta que podem ocorrer algumas modificações. “Apresentamos em caráter de proposta que ainda precisa ser validada”, informa.

Ele explica que a peça se integra em um método de gestão mais amplo e serve como mecanismo de comunicação entre as secretarias. “É um instrumento de síntese muito comum no planejamento corporativo”, compara.

O governo pretende detalhar o mapa de objetivos em apresentações nas nove macro-regiões dos Conselhos Regionais de Desenvolvimento (Coredes). “É a base para elaborarmos o Plano Plurianual e para que as secretarias elaborem seus projetos”, avalia Motta.

Ontem o primeiro escalão também foi apresentado ao sistema de controle comandado pelo secretário-geral de Governo, Estilac Xavier (PT). Inspirado no modelo implantado pelo governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), a administração de Tarso trabalha para a instalação de uma sala de gestão.

No local, que funcionará na ala residencial do Palácio Piratini, será possível acompanhar obras em andamento e cerca de 60 ações consideradas prioritárias pelo governo. A estrutura contará com quatro telas para videoconferência, 12 monitores interligados que abastecerão o sistema com informações e cerca de 30 assessores.

Veja também

    Noticias

    Cultura organizacional é foco do debate no Varejo Movimento

    Veja mais
    Noticias

    Sindilojas POA participa da abertura de Feira da Acomac

    Veja mais
    Noticias

    Comércio Solidário: Sindilojas Poa é parceiro da Fecomércio-RS

    Veja mais
    Noticias

    O público 60+ consome e precisa ser melhor atendido

    Veja mais