Tarso apresenta objetivos estratégicos aos secretários

A manhã de ontem foi movimentada na ala residencial do Palácio Piratini. Palco de reuniões desde que o governador Tarso Genro (PT) tomou posse, o Galpão Crioulo recebeu todos os 30 secretários de Estado…

A manhã de ontem foi movimentada na ala residencial do Palácio Piratini. Palco de reuniões desde que o governador Tarso Genro (PT) tomou posse, o Galpão Crioulo recebeu todos os 30 secretários de Estado para serem apresentados ao mapa de objetivos estratégicos do governo.

Elaborado pelo secretário de Planejamento, Gestão e Participação Cidadã, João Motta (PT), o quadro busca elementos do plano de governo, do seminário realizado em dezembro de 2010 e de diretrizes da União e da própria Organização das Nações Unidas.

A intenção é que os 15 objetivos norteiem os chefes das pastas estaduais na elaboração de projetos em conjunto. Além disso, foram apresentadas 35 prioridades estratégicas, que se desdobram em ações e em projetos nas secretarias estaduais.

Apesar de ter sido exibido ontem, o mapa de objetivos estratégicos ainda será corroborado em um seminário de governo que ocorrerá em 18 de março. O diretor de Planejamento da Secretaria do Planejamento, Álvaro Magalhães, aponta que podem ocorrer algumas modificações. “Apresentamos em caráter de proposta que ainda precisa ser validada”, informa.

Ele explica que a peça se integra em um método de gestão mais amplo e serve como mecanismo de comunicação entre as secretarias. “É um instrumento de síntese muito comum no planejamento corporativo”, compara.

O governo pretende detalhar o mapa de objetivos em apresentações nas nove macro-regiões dos Conselhos Regionais de Desenvolvimento (Coredes). “É a base para elaborarmos o Plano Plurianual e para que as secretarias elaborem seus projetos”, avalia Motta.

Ontem o primeiro escalão também foi apresentado ao sistema de controle comandado pelo secretário-geral de Governo, Estilac Xavier (PT). Inspirado no modelo implantado pelo governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), a administração de Tarso trabalha para a instalação de uma sala de gestão.

No local, que funcionará na ala residencial do Palácio Piratini, será possível acompanhar obras em andamento e cerca de 60 ações consideradas prioritárias pelo governo. A estrutura contará com quatro telas para videoconferência, 12 monitores interligados que abastecerão o sistema com informações e cerca de 30 assessores.

Veja também

    Noticias

    Nota Oficial: Falta de luz no centro de Porto Alegre

    Veja mais
    Noticias

    Ministério do Trabalho prorroga portaria sobre funcionamento do comércio aos fer...

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Conheça as principais tendências globais de consumo para 2024

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Novas experiências para o consumidor leitor

    Veja mais