Treinamento em alto desempenho foca líder de equipe

Com foco no desempenho de profissionais e no alto retorno com base em equipes entrosadas pela comunicação, empresas brasileiras estão investindo no conceito dos HPTs (“high performance teams”, ou times de…

Com foco no desempenho de profissionais e no alto retorno com base em equipes entrosadas pela comunicação, empresas brasileiras estão investindo no conceito dos HPTs (“high performance teams”, ou times de alto desempenho).

Apesar de nem todas nomearem a iniciativa da mesma forma, a característica de que as companhias buscam dotar seus colaboradores é a mesma: habilidade de comunicação.

Os treinamentos para times de alto desempenho têm como primeiro alvo o líder. O objetivo é instrumentalizá-lo para ouvir melhor a equipe e se dirigir a ela de forma objetiva, minimizando a possibilidade de o “feedback” virar um conflito.

O gestor recebe as diretrizes, que podem vir do departamento de recursos humanos ou de uma consultoria externa, e age como multiplicador na equipe.

“O HPT é uma iniciativa global da nossa empresa, nosso diferencial estratégico”, afirma Moisés Santiago, gerente da Mars, fabricante de alimentos.

Segundo ele, no treinamento para o alto desempenho, trabalham-se as relações a partir da visão de que os conflitos podem ser positivos ou negativos.

Assim, é preciso ouvir com atenção o que o outro tem a dizer e se posicionar de forma clara e assertiva. O fundamental, diz Santiago, é “assumir a posição do outro, entender o “feedback” como algo bom”.

Na Resource, que presta serviços de tecnologia da informação, os líderes foram treinados para obter habilidades parecidas, com a finalidade de aprimorar os “feedbacks”.

“Para se comunicar, é necessário ter capacidade de síntese”, destaca Vilma Guilherme, diretora de recursos humanos.

Ela afirma que a preocupação é capacitar os gestores. “O grande mentor de uma equipe de alto desempenho é o líder.”

“Só mostrar mais preocupação em pedir “feedbacks” já faz o número deles subir 500%”, calcula Alex Terra, 28, gerente de projeto da Resource, que fez treinamento em liderança.

Líderes sem liderados
Gabriela Tierno, diretora de recursos humanos da farmacêutica AstraZeneca, valoriza tanto a idéia do treinamento em “competências estratégicas da empresa” que os funcionários sem subordinados também recebem a capacitação.

“Alta performance, para mim, é quando todos estão treinados nas competências da empresa”, descreve. Segundo ela, entre os focos do treinamento estão agir em colaboração e encorajar o desempenho.

“Quando nos avaliamos pelas competências, raciocinamos mais sobre aquilo que fazemos”, pondera Eliana Freitas, assistente da diretoria financeira da AstraZeneca.

Características das equipes de alto desempenho

-Objetivos claros
Foco na prioridade e na formalização de resultados atingíveis

-Funções claras
A contribuição depende do entendimento da expectativa

-Pessoas certas no time
O desempenho depende da capacidade e do alinhamento com os valores e a cultura da empresa

-Comprometimento com o time
O sucesso é construído por todos; não há estrelas

-Processo de decisão acordada
A decisão em conjunto direciona melhor os esforços

-Responsabilidade
Tem-se o sentimento de ser também o dono do negócio

-Auto-avaliação constante
O time se avalia freqüentemente para melhorar sempre

Veja também

    NoticiasEconomia/Finanças

    Otimismo com Cautela

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Vice-Presidente de Entidade, Carlos Klein, prestigia formatura do Moda Alegre

    Veja mais
    Noticias

    Natal da Azenha conta com patrocínio máster do Sindilojas Porto Alegre

    Veja mais
    AssessoriaNoticias

    Programa de qualificação profissional é lançado pela Prefeitura da Capital

    Veja mais