Varejo e serviços mostram recuperação

Em meio à instabilidade política, a economia dá sinais positivos. Duas boas notícias foram divulgadas semana passada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). A primeira delas: as vendas do comércio varejista nacional avançaram 1% no mês de abril em relação ao mês anterior. Ou seja, a população está comprando mais e isso significa […]

Em meio à instabilidade política, a economia dá sinais positivos. Duas boas notícias foram divulgadas semana passada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). A primeira delas: as vendas do comércio varejista nacional avançaram 1% no mês de abril em relação ao mês anterior. Ou seja, a população está comprando mais e isso significa mais dinheiro em circulação, o que é uma alavanca que poderá retroalimentar a recuperação econômica nos próximos meses.

Os dados fazem parte da Pesquisa Mensal do Comércio, divulgada dia 13. Foi o primeiro resultado positivo em 24 meses, interrompendo uma sequência de quedas que teve início em abril de 2015. Segundo os economistas, os fatores que justificam o impulso são a redução da inflação e os recursos liberados do FGTS das contas inativas. O setor de supermercados e o comércio em geral, especialmente, são os maiores beneficiados pela onda otimista.

 

Fonte: Diário ABC

Veja também

    Noticias

    Reunião de Diretoria Ampla debate temas jurídicos relevantes ao comércio

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Feira Brasileira do Varejo (FBV) é lançada oficialmente em Porto Alegre

    Veja mais
    Noticias

    Programação de atividades para a obra do quadrilátero central: 19/02 A 23/02

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Tendências mundiais que impactam o varejo local

    Veja mais